Red Dead Redemption está entre uma das experiências mais memoráveis da geração passada de consoles. O faroeste de mundo aberto ganhou enorme destaque por nos introduzir um universo recheado de possibilidades quanto as histórias dos personagens que o habitam.

Jogadores entram na pele de John Marston, um ex fora-da-lei com uma dívida com o governo norte-americano, que vai impedi-lo de ver sua família até que seus antigos parceiros de crime sejam levados à justiça. Com essa premissa, o jogo estabelece a chegada da civilização moderna em terras selvagens e o fim de uma era para cowboys e bandidos.

Lançado em maio de 2010, o design de jogos de exploração da Rockstar Games encarou uma geração marcada por grandes nomes, como Mass Effect e Dragon Age, e mais tarde em jogos como The Elder Scrolls V: Skyrim e The Witcher 2, mas conseguiu ir mais além. Com um roteiro extremamente bem construído, a história de John Marston e sua dívida paga com sangue ganhou o gosto do público, tornando-se um dos jogos mais aclamados de todos tempos.

As idéias de Red Dead Redemption não pertenciam a um mundo onde existiam grandes cidades ou transporte rápido, logo o escopo daquele mundo estava limitado a vilarejos e cânions para atravessar a cavalo ou em carroças. E quem imaginaria que isso seria tão divertido de fazer? As atividades além das missões incluíam caçar procurados pela lei, animais e coletar ervas e outras plantas. Nas cidades também era possível apostar em mesas de poker, ou testar sua destreza espetando uma faca entre os dedos. É como viver em pleno Velho Oeste.

red-dead-redemption-marston-horse

Os espaços entre as vilas e fazendas também guardavam muitos perigos, que iam desde emboscadas nas mãos de bandidos a animais selvagens. Mas mais impressionantes eram os momentos onde o jogador podia intervir em um tiroteio entre caçadores de recompensa, ou ajudar pessoas perdidas na estrada – que podiam recompensar o jogador pela ajuda, ou passar-lhe a perna e roubar o seu cavalo. Todos esses personagens imprevisíveis faziam com que aquele mundo se mantivesse vivo, e muitas dessas ideias foram aproveitadas no futuro em Grand Theft Auto V.

A chegada de Red Dead Redemption 2 marca a evolução de um dos mundos mais cativantes criados pela Rockstar, assim como o primeiro jogo exclusivo para a nova geração de consoles. As expectativas estão lá no topo e, após um período turbulento envolvendo processos judiciais e direitos sobre as propriedades intelectuais dessa gigante dos games, a Rockstar Games precisa do sucesso desse próximo jogo. E não vemos a hora de tirar o pó do velho chapéu e cavalgar em direção ao pôr do sol.

Compartilhar